Arquivo do autor:erlyvieirajr

Sobre erlyvieirajr

Erly Vieira Jr (Vitória, 1977). Escritor, cineasta e pesquisador em audiovisual. Realizou os curta-metragens "Macabéia" (16 mm, 2000, co-dirigido por Virgínia Jorge e Lizandro Nunes), "Pour Elise" (35 mm, 2004), "Saudosa" (35 mm, 2005, co-escrito e co-dirigido por Fabrício Coradello), "Grinalda" (Mini DV, 2006), "Eu que nem sei francês"(Mini DV, 2008), "Avenca" (35 mm, 2009), "Silentio"(HD, 2010), e "O ano em que fizemos contato" (HD, 2010), "A mão tagarela" (HD, 2010) e "Pra casa agora eu vou" (HD, 2012). Seus quatro primeiros curtas estão reunidos no DVD "Algumas estórias" (2008). Publicou "Contraponto, Reta, Plano" (Poemas, 1999), "-sse" (contos, 2008) e Rodapés (crônicas, 2009). Co-organizou a antologia "Instantâneo", publicada pela Secult-ES em 2005, reunindo 38 escritores capixabas contemporâneos. É professor do Departamento de Comunicação Social da Ufes e do Programa de Pós-Graduação em Artes (PPGA-UFES). É Doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ e Mestre em Comunicação, Imagem e Informação pela UFF.

AULA 30 – Outras poéticas do artifício no século XXI.

Pra encerrar o curso, mostro aqui alguns artistas, que embora não tenham alguma relação entre si, ilustram bem um retorno às estéticas do artifício neste começo de século, no extremo oposto das estéticas realistas que vimos aula passada. Alguns desses … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Aula 29 – Ironia e Consumo: releituras do legado de Duchamp e Warhol nas artes contemporâneas

Texto: Filipe Scovino, “A ironia e suas estratégias na obra de Cildo Meireles”. O conceito de ready-made proposto por Duchamp foi o marco inicial de uma aproximação entre arte e vida cotidiana, utopicamente concebida (porém não plenamente realizada) pelas vanguardas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

AULAS 27 e 28 – O retorno do Real nas artes: Hiperrealismo, Melancolia pós-pop, Grunge, Estetizações da violência. Metalinguagem/ metacinema

Leitura sugerida: “A biblioteca de Babel” (Jorge Luiz Borges, conto) Se a crise do realismo, desencadeada com a chegada da fotografia, é um dos eventos centrais para o nascimento da chamada Arte Moderna, é justamente um retorno ao real, a … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

AULA 26– Multiculturalismo, hibridismo e globalização: o “resto” do mundo somos nós?

Texto: “O cosmopolitismo do pobre” (Silviano Santiago) Aqui, a discussão propõe experimentar o olhar não-eurocêntrico para as artes, de modo que possamos discutir o olhar multicultural e repensar o lugar do terceiro mundo. Problematizo a forma como certos trabalhos são … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Aula 25 – Revival, citação e intertextualidade na cultura pop

Numa época em que tudo é citação (e que a própria citação virou uma instância central de comunicação e mediação nas sociedades pós-modernas), qual o lugar da originalidade nas artes contemporâneas? Ou melhor: a originalidade ainda é o “valor maior”, … Continuar lendo

Publicado em Conteúdo de aula | Deixe um comentário

AULAS 23 e 24 – Política e engajamento nas artes. Ativismo urbano.

Textos: “Joseph Beuys tem maior retrospectiva já realizada no Brasil” e “Arte e política: Um passeio pela obra de Ai WeiWei” Exibição de trecho (meia hora) do documentário sobre Banksy (Exit through the gift shop) e debate.  *** É possível … Continuar lendo

Publicado em Conteúdo de aula | Deixe um comentário

AULA 22 – A virada dos 70 para os 80 e a emergência de novas subculturas juvenis: (Punk, Pós-Punk, Hip Hop, Grafite e Neo-Expressionismo).

Um verdadeiro choque cultural sacode o ocidente no final dos anos 70 e início dos 80. Uma série de propostas culturais originárias de uma juventude em total desacordo com o “mundo adulto” (marcado por uma forte recessão econômica e pelos … Continuar lendo

Publicado em Conteúdo de aula | 2 Comentários